Os padres

Os Padres que já passaram por aqui

1955 – Surge a comunidade religiosa com o catecismo e as rezas do terço feitos nas casas ou nas ruas.

1959 – A comunidade recebe do Pe. Humberto Galvãopároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, uma imagem de São José.

1960 – O Cardeal Arcebispo de São Paulo, D. Carlos Carmelo de Vasconbelíos Motta, cria a nova Paróquia São José de Americanópolis, desmembrada da Paróquia Nossa Senhora Refugio dos Pecadores, de Cidade Ademar. O Pe. Walter Zimowski, da Congregação do Verbo Divino, e Pe. Humberto foram designados como assistentes da nova Paróquia nascente.

1964 – Pe. Walter Zimowski foi transferido e sucederam-no no pastoreio paroquial os Freis Carmelo, Silvério, Daniel e Pe. José Saba.

1967 – O Pe. Joaquim Macedo tomou posse como primeiro pároco residente da Paróquia São José pelas mãos de D. José Lafaiette (Bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo).

1971 – Pe. Ângelo Beloso Pena- Fundou a obra social Creche Mãe Operária em 20 de julho de 1972, e Centro da Juventude de São José Operário (OSEM em 1976), hoje, Obras Comunitárias de Promoções Humana São José Operário.

1980 – Frei José António Leonel Vieira – Estimulou os movimentos populares abrindo a Paróquia para as atividades sociais.

1986 – Pe. Sérgio Hemkemeier foi o primeiro pároco dehoniano. Renovou a Paróquia com urna nova visão de pastoral e espiritualidade paroquial, construiu o centro educacional CJ na comunidade São Pedro e fundou em 1990 o jornal “Vida Paroquial”. A igreja também contava com o Pe. Inácio Schons como vigário paroquial.

1994 – A Paróquia recebe o seu novo vigário, 
Pe, Joaquim Antônio Nogueira.

1995 – Pe. Iliseu Schneider assume como novo pároco. Construiu uma nova e bela Igreja Matriz.

2000 – Pe. Lorival João Back – Adquiriu a nova Casa Paroquial e ampliou o espaço do pátio da Igreja.

2006 – Pe. Octaviano – Construiu o Centro Social da paróquia, reformou o teto da Igreja, reformou a Creche Mãe Operária, atualizou a mobília da secretaria e investiu em tecnologia.

Durante estes 20 anos de presença Dehoniana também passaram por nossa Paróquia diversos colaboradores exemplares que imprimiram o seu dinamismo e testemunho de vida:

Pe. Augusto Pereira (desde 1996) Pe. Mário Marcelo (desde 2001)
Pe. Inaldo Moraes (como fráter entre 2000 e 2001)
Pe. Lúcio Tardif (como diácono em 2001) Pe. Ronilton Souza (como diácono em 2002)Pe. Rubens Rieg (como fráter em 2002 e diácono em 2003)
Diácono Emerson (como fráter em 2003 e diácono em 2004)
Fr. Clemilton (2004)
Pe. Edmundo (como fráter em 2004 e diácono em 2005)
Fr. Luiz Cláudio (2005)

Diácono Ivo Almani de Sá Pereira (2007)
Diácono João Batista (2008)
Diácono Marcos (como fráter em 2008 e diácono em 2009)
Diácono Valdenir 
(como fráter em 2009 e diácono em 2010)

Comments are closed.